11 dezembro 2008

Sekai Entrevista Rony Suzuki e Mauricio Xavier


O Sekai entrevistou, com exclusividade, os autores do livro Aquapaisagismo - introdução ao aquário plantado, lançado recentemente para toda a comunidade aquarística brasileira. Confiram como foi o Bate Papo.





Sekai: Como foi que surgiu a idéia de criar um livro sobre aquapaisagismo? 


Rony: Vou começar então. Eu recebi um telefonema do Mauricio no inicio do ano, perguntando se eu estava afim de escrever um livro com ele, e como vocês viram, a resposta foi sim. melhores detalhes acho que tem que ser com o Mauricio, porque ele que tomou a iniciativa!

Mauricio: Vamos lá... Estava acampando em uma praia eu, minha namorada, Marne e a namorada dele e, em uma conversa entre nós dois, deu um estalo em minha cabeça, fui amadurecendo a idéia e liguei para o Rony enquanto estava em uma pequena cidade do interior de SP chamada Itaberá.

Rony: Quando recebi a ligação do Mauricio, na hora eu tive interesse, mas só não dei a resposta imediata, porque eu ainda tinha um assunto pendente com o Juarez da Revista Aquarium. Eu ía escrever um livro junto com o Juarez, mas como ele não manteve mais contato e também não consegui falar com ele, aceitei o convite do Mauricio. Acho importante registrar, que o livro praticamente começou a ser feito a partir do dia 8 de Março de 2008 em Presidente Prudente, quando eu imprimi alguns artigos meus já escritos, encadernei em capa dura e mostrei pro Mauricio. Acho que foi aí que a idéia se tornou realidade! inclusive o Mauricio poderia tirar foto desse livro pra deixar imortalizado! heheheheh

*nota: Juarez em questão é Juarez Câmara, editor da revista Aquarium. Ao que conseguimos averiguar, ele teve problemas de continuidade na revista devido à problemas de ordens médica e pessoais.

Sekai: E há quanto tempo estão no Hobby? É fato que temos uma carência enorme de material em português e o livro será de grande ajuda para os que estão começando agora, não é?

Mauricio: Eu estou no hobby desde que me conheço por gente, sempre fui fissurado por aquários, lembro que quando era criança minha mãe ficava muito brava porque eu ia coletar guarú em uma pinguela no trilho de trem que passa perto da casa que morava, eu tenho aquários até em sonhos, isto mesmo., às vezes sonho com alguns aquários (sempre os mesmos) mas na minha antiga casa de infância onde coletava os guarus.

Rony: Minha história começou quando meu pai começou a construir o primeiro laguinho em casa, e eu fui "ajudar" aí foi a porta de entrada para o mundo do aquarismo... mesmo não sendo aquarismo própriamente dito!

Sekai: De 8 de março a 22 de novembro, são praticamente 8 meses... pouca coisa, muita correria, não?

Rony: Como eu já tinha muita coisa escrita para o livro que iria fazer com o Juarez, faltou pouca coisa da minha parte... mesmo assim essa pouca coisa era grande.

Sekai: Quais foram as maiores dificuldades encontradas? Principalmente porque é um livro feito "na raça", sem o apoio de leis de incentivo ou editora.

Rony: Nos últimos três meses do lançamento do livro, eu praticamente larguei tudo por aqui. Só aparecia para atender clientes... As minhas dificuldades foram a questão de conseguir administrar o Encontro de Londrina, o CPA 2008, a Revista Aqualon nº 1... só isso...hehehehe... porque a vontade de fazer o livro e principalmente junto com um grande amigo... supera qualquer obstáculo!

Mauricio: A dificuldade maior foi de administrar o tempo, mas, quem sofreu mais com isto foi o Rony, pois ele é responsável pela maior parte do livro.

Sekai: Quando vocês conheceram o mundo do aquapaisagismo? Coincidiu com sua entrada no aquarismo ou foi algo só descoberto depois?

Rony: A minha introdução ao aquapaisagismo começou no Japão, quando vi pela primera vez, ao vivo, um aquário plantado de alto nível! era numa estação de trem, acabei perdendo o trem...rsrsrsrsrsrs... sorte que lá passa um atrás do outro... isso foi em 1991 ou 92 não lembro bem agora...

Mauricio: Ainda naquela casa de infância eu já tinha uma ligação com plantas aquáticas, eu comprava Valisnéria, rabo de raposa e etc... Plantas disponíveis na época e colocava em tubinhos de remédio, tipo tubos de ensaio e criava elas lá. Também tinha o costume de desenhar plantas aquáticas nos cadernos da escola. Mas o Aquapaisagismo entrou de verdade na minha vida quando comecei a frequentar o Aquahobby.

Sekai: As vendas estão sendo o que esperavam? Como está sendo a aceitação?

Rony: Essa é pro Mauricio... hehehehehe... Mas pra mim, surpreendeu esse começo de vendas!

Mauricio: As vendas surpreenderam muito, na terça feira após o lançamento já estávamos com 1/3 da tiragem vendida e o interesse pelo livro através do site esta muito grande.



Os autores, em tarde de autógrafo, no lançamento do livro



Sekai: Até o momento quantos exemplares foram vendidos mais ou menos? Planos para uma segunda edição, já?

Mauricio: Entre os livros vendidos, presenteados e quantidade que ficou para mim e para o Rony já são 1423 livros. A segunda edição será impressa muito em breve, pois a maioria dos livros ainda estão chegando as lojas.

Sekai: Praticamente metade dos livros... fantástico! E o futuro? O que vocês estão esperando para o futuro?

Rony: Por enquanto ainda penso só na 2ª edição, pois preciso pôr em dia a revista Aqualon.


Mauricio: Acredito que não vai ficar só neste livro. Tem muita gente no Brasil com informações importantíssimas para agregar as outras pessoas! Não é Reinaldo?

Sekai: Maurício, vc sabe bem que é vontade antiga, isto, também, né? O próprio sekai surgiu mais ou menos assim... Acho que ainda iremos escrever algo à frente sim!! Tenho muita fé que possamos escrever algo juntos... Tem muito assunto a ser debatido, ainda... tem muito o que aprofundar no hobby... já conversamos muito a respeito!! Em breve!!

Sekai: Quais são as suas expectativas em relação ao hobby num futuro próximo? Estão contentes com o desenvolvimento nos últimos anos?

Mauricio: O livro Aquapaisagismo "introdução ao aquário plantado"como o próprio título diz tem como foco principal introduzir pessoas ao Aquapaisagismo, acredito que será muito importante para a evolução do aquário plantado no Brasil, onde o fator limitante é a informação.

Rony: Eu acredito muito nisso também, é só ver pelo mundo a fora o que o aquarismo plantado se transformou! aqui não será diferente... e quem sabe outras áreas do aquarismo também se fortaleçam com essa nossa iniciativa...

Sekai: Então vocês esperam que este livro abra portas para publicações mais aprofundadas?

Rony: É o que a gente espera!

Mauricio: Sim, esperamos e vamos trabalhar nisto.

Sekai:A iniciativa conjunta de livros e da Aqualon deveriam ser espelhos para novas medidas a serem tomadas... imaginamos como seria se o GPA e a Aqualon tivessem mais co-irmãs...

Rony: Também fico imaginando... mas acredito que ainda veremos dias melhores! É só a gente acreditar no aquarismo e abraçar a causa...

Sekai: E o que vocês acharam do Sekai?

Rony: O Sekai é um blog que veio para ficar e que vai ajudar a alavancar o aquapaisagismo, pois as pessoas envolvidas são aquaristas competentes e estudiosos no assunto. Suas informações são sempre de primeira e feita por eles próprios e não capturados da internet, como todos os demais blogs. Isso pra mim pesa muito no meu conceito! Parabéns Sekai Scaping!!!

Mauricio: Acho uma iniciativa fantastica, é disto que precisamos!

Sekai: Para encerrar a entrevista, quais as suas considerações finais?

Rony: Acredito que com esse livro não só o aquapaisagismo nacional irá se desenvolver em patamares ainda mais altos, como também todo o segmento do aquarismo, pois uma coisa leva a outra!

Mauricio: Foi um prazer muito grande escrever junto com o Rony Suzuki, uma pessoa que realmente faz o que gosta!

Gostaríamos muito de agradecer aos nosso convidados pelo tempinho reservado à nós e mais uma vez parabenizá-los pela importantíssima iniciativa e pelo sucesso que estão alcançando com ela.

Abraços
Equipe Sekai


4 comentários:

Anônimo disse...

Gostei da entrevista , já encomendei o meu livro hehehe.
Parabéns para o Sekai Team, mais uma vez trazendo boas matérias e entrevistas.




Jyin.

yoshiharu disse...

Sobre Juarez Câmara e os problemas de ordem médica - leia-se aneurisma. Atualmente em tratamento e fisioterapia. Além da ingestão de muito remédios diários.

Xylema disse...

Só o que posso dizer a respeito do livro é que ele MERECE ter uma edição com o dobro do tamanho da impressão original, o conteúdo é riquíssimo. Consciente que sou dos custos de edição de uma publicação deste porte só posso torcer que a segunda edição já possa vir em novo formato.

Rodrigo Menezes Ramos disse...

O Livro é excepcional. Muito superior a muito importados. Parabéns!!!