05 dezembro 2008

Expedição em Igarapé-miri

Dia 29 de Novembro de 2008, 7:00 da manhã, o Sekai cai na estrada novamente pra preparar mais uma matéria para os nossos leitores, só que dessa vez nada de ruas asfaltadinhas ou salões e palestras, viajamos para o interior do Pará, mais precisamente para o município de Igarapé-miri no nordeste paraense com a intenção de conhecer, explorar e fotografar alguns igarapés da região.


Pouco mais de duas horas de carro, saindo de Belém, chegamos no primeiro igarapé, um velho conhecido meu, um lugar onde eu passei várias horas da minha infância, mas que ainda ía me mostrar muitas coisas que sempre passaram despercebidas por mim.


O igarapé é tipicamente amazônico, substrato de areia e folhas secas, muitas raízes e Nymphaeas nas margens, água tingida pelo tanino dos muitos troncos submersos, o que não a impede de ser uma água muito cristalina e com uma ótima visibilidade e Tonina fluviatilis crescendo emersa em abundância nas áreas próximas à água.


Visão Geral do Igarapé 

Após um longo mergulho para admirar toda a paisagem submersa e observar os numerosos peixes em seu ambiente natural, fizemos algumas coletas para fotografar melhor alguns deles.


Bom, vamos então ao que interessa, as fotos.




Raízes nas margens





Muitas paisagens submersas, uma excelente fonte de inspiração para a montagem de um Biótopo amazônico.


Fundo de folhas secas




Hyphessobrycon sp.




Crenicichla sp.




Crenicichla sp.

Leporinus gr. maculatus




Apistogramma agassizi
Acaronia nassa, notem as dezenas de alevinos em torno da fêmea na foto, sem dúvida um dos pontos altos do mergulho e uma das cenas mais bonitas que já vi em expedições.
Nannostomus eques

Hyphessobrycon sp.




Hyphessobrycon sp.

Banjo (Bunocephalus sp.)
Potamorrhaphis guianensis
Monocirrhus Polyacanthus


Cardume de Pacus (Metynnis lippocantianus)

Ancistrus sp.
Potamorrhaphis guianensis



Astyanax cf. bimaculatus

Acestrorhynchus cf. falcatus

Bryconops melanurus

Iguanodectes sp.
Hyphessobrycon heterorhabdus

Carnegiella strigata



Hemiigrammus aff. ocellifer



Apistogramma agassizi

Monocirrhus Polyacanthus


Espero que tenham gostado das fotos, ainda visitamos outro igarapé e possivelmente eu postarei algumas fotos de lá aqui também. Gostaria muito de agradecer ao Douglas Bastos, pela companhia, por não desistir de ter ido, pelos equipamentos e pelas fotos espetaculares que ele fez de tudo o que nós vimos nos mergulhos.


Abraços.


Dennis Quaresma

14 comentários:

NaturePlanet disse...

Que lugar incrível Dennis!!!
Caracas!
Que equipamento vocês usaram?
Aquela primeira espécie de Hyphessobrycon, com certeza também deva fazer parte do complexo heterohabdus, chamado assim porque é muito parecido, e esta espécie não foi estudada a fundo.

Rubem disse...

Pena que não deu pra ir meu amigo... Lá tem uma boa diversidade de espécies, mais do que encontramos aqui próximo da cidade...
Acarizinho bonito aquele hein? Qual o tamanho?
Show de bola o lugar!!!
Parabéns!!!

Abraço!!!

Xylema disse...

Olá Pessoal,

Que local incrível, as fotos ficaram fantásticas. É o tipo de lugar que qualquer pessoa leiga jamais imaginaria a riqueza escondida sobre aquelas águas. Depois postem um artigo sobre fotografia subaquática, aposto que tem um monte de gente curiosa sobre a técnica, tipo eu. =)

pissau disse...

Putzz...Me arrependo amargamente de nao ter ido nessa expedição!

Anônimo disse...

Uma pena pra mim que também não fui, apesar de ter recebido o convite, pois tive que trabalhar. Fica pra próxima! Um abraço!
Cristiano Viana

Marcos Paulo disse...

PARABÉNS!!!

Impressionante o tanto de espécies que vocês consiguiram registrar, espetacular o lugar!
Se quiserem postar mais fotos fiquem a vontade, mesmo aquelas que vocês acharam que num presta... rsrsrs

Abraço!
Marcos Paulo

Anônimo disse...

sensacional, show de bola !!

Geophagus

Lescan disse...

Muito boa a matéria apresentada, tanto pela diversidade quanto pelo enfoque .
Gostei muito !
Parabéns aos idealizadores !

Lescanjr

Roberto Guedes disse...

Nossa impressionante parabens!

Anônimo disse...

Muito fera cada especie de peixe show!
Vem k vocês levaram algum pro seus aquários?rs

Leonardo André disse...

Excelentes fotos Dennis...

Vê se dá próxima vez me convida.

Abração

marilia disse...

adorei! além de dar boas dicas para quem pretende montar um aquário amazônico, é um depoimento de beleza e variedade da natureza aqui no Brasil. Esperançoso de se ver como ainda podem haver locais como estes,onde se pode ver nossos "peixes de aquário" nadando livremente, e triste de se pensar em como é feita a exploração dos mesmos.

aiko mizuguchi disse...

fantástico, que fotos, que trabalho, que lugar, meus parabéns!!!!
Vitor Takai(Cmca)

Ricardo disse...

Meus amigos! Sinceramente, estou muito surpreso!!! Moro em Ananindeua, do lado de Belém do Pará, e fiquei maravilhado ao ver esta postagem de Igarapé-Miri, é muito perto de onde estou. Estou pensando seriamente em organizar uma "Expedição"! Bem, se alguém mora na região e tiver interesse, podemos começar a organizar um grupo de visitas as esses lugares aqui no Pará! Qualquer manifestação me enviem um e-mail ... ricardomota76@yahoo.com.br. Abraços!